Corpo de Bombeiros recebe doação de Líquido Gerador de Espuma.

                     

No dia 04 de janeiro de 2017 foi doado por meio do TERMO DE DOAÇÃO ao Corpo de Bombeiros Militar do Pará, representado pelo Coronel QOBM Zanelli Antônio Melo Nascimento, 5.390( cinco mil trezentos e noventa) Litros de Líquido Gerador de Espuma (LGE) sintex AFFF 6% (uso não aeronáutico) pela EMPRESA BRASILEIRA DE INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA – INFRAERO, (representada pelo Sr. Fábio Luis de Araújo Rodrigues-  Superintendente do Aeroporto Internacional de Belém- SBBE), em conformidade com a autorização da Gerência de Monitoramento da segurança –SAMR, da Superintendência de Gestão da Segurança- DOSA.

Leia mais...

Capitã dos Bombeiros é condecorada com a comenda "Isa Cunha".

    

Na última quinta-feira (09), a Capitã do Corpo de Bombeiros Vanessa Farias foi condecorada com a comenda "Isa Cunha" durante uma solenidade especial realizada na Assembléia Legislativa do Pará. A Comenda visa homenagear personalidades que prestaram serviços relevantes à sociedade paraense.

Leia mais...

Operação enchente em Eldorado do Carajás.

    

As chuvas ocorridas nos dias 21 a 24 de fevereiro de 2017 na cabeceira do rio vermelho, foram fundamentais para deixar a população ribeirinha de Eldorado do Carajás desabrigada, cerca de 361 famílias dos bairros Abaete e União, foram atingidas diretamente pela cheia do rio que subiu acima do seu nível normal em menos de 72 horas, deixando 18 famílias desabrigadas e 343 famílias desalojadas, ao todo mais de 3000 pessoas tiveram perdas materiais.

Leia mais...

Diretor de Serviços Técnicos do Corpo de Bombeiros orienta sobre fiscalização e normas de segurança na área comercial .

    

Na manhã da última terça-feira (13), o Coronel Bombeiro Militar Hayman Souza, Diretor de Serviços Técnicos (DST) concedeu entrevista para a TV Cultura informando sobre o ocorrido em algumas lojas e departamentos de Belém que não seguem medidas de segurança padrão. Após uma vistoria realizada pelo Corpo de Bombeiros, foi constatado que alguns estabelecimentos comerciais não apresentam sistema de proteção contra incêndio e que já vinha recebendo notificações acerca dessa irregularidade. O caso está nas mãos do Ministério Público, que ingressou na Justiça um pedido de suspensão das lojas irregulares.

Leia mais...