6º Pelotão CFP intensifica exercícios operacionais de combate a incêndio

  

Desta vez o local escolhido foi a empresa ABINCO, uma antiga empresa falida em Abaetetuba que exportava compensados. Durante o simulado foram montadas quatro equipes, onde duas delas faziam o exercício simultaneamente. Enquanto uma armava as linhas para fazer o ataque direto ao fogo em um gigante forno da empresa, a outra equipe adentrava ao forno, um ambiente confinado em alta temperatura. Todos munidos com seus equipamentos de proteção individual e respiratória (EPI e EPR).

Segundo o Major BM Hugo, os exercícios estão sendo feitos de forma gradativa, exaustivamente fizeram exercícios em ambiente confinado no hospital Santa (em reforma) com e sem EPI e EPR. A ideia é que os alunos sejam preparados para as mais diversas situações e comecem a criar essa intimidade com os seus equipamentos de proteção individual e proteção respiratória.

ASCOM CBMPA